Saúde


Juscimeira está livre do vetor que transmite leishmaniose visceral

Mais uma meta alcançada pela Secretaria Municipal de Saúde por meio da equipe da Vigilância Ambiental de Juscimeira com a coleta de 150 amostras para identificação e triagem de Leishmaniose em cães. A ação preventiva aconteceu em todos os bairros, distritos e assentamentos que pertencem ao município.

Segundo o secretário de Saúde, Nassin Farah, nesse ano também foi realizado no início de setembro um Levantamento Entomológico em parceria com o Escritório Regional de Saúde de Rondonópolis e equipe da Vig. Ambiental (ACE) no intuito de verificarem a presença do mosquito transmissor da Leishmaniose Visceral, o qual uma vez acometida em humanos podem ocasionar a morte.

O coordenador da Vigilância Ambiental, Francisco Valdelino Correia, conta que conforme resultados dos flebótomos (mosquitos transmissores) capturados no município, foi encontrado a espécie Lutzomyia Whitmani, que é o vetor da Leishmaniose Tegumentar Americana, o que causa lesões cutaneas na pele de homens e cães.

“Essa doença pode ser evitada, basta cada cidadão cuidar de seus quintais, com limpeza periódica, sem acumulo de matéria orgânica, lixo e criação de galinhas. Aqui no município não foi encontrado a presença de vetor da leishmaniose visceral, no entanto foi encontrado a outra espécie”, conclui o coordenador


Publicado em 05/12/2017

Fonte: Assessoria de Imprensa / PMJ

Galeria de Fotos

Clique na Imagem para Ampliar!

Últimas Notícias

2017 © Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Juscimeira - Mato Grosso - CEP: 78810-000