Agricultura


Capacitação reunirá 200 veterinários de todo o Brasil e de 5 países da América Latina em Juscimeira

Créditos: GCOM Juscimeira


Entre os dias 31 de julho e 6 de agosto, o município de Juscimeira sediará o evento internacional Simulado de Emergência Zoossanitária, realizado pelo Ministério da Agricultura (Mapa)e Instituto de Defesa Agropecuária do Estado Mato Grosso (Indea-MT) e terá como um dos parceiros a  prefeitura de Juscimeira. O objetivo do encontro é capacitar os médicos veterinários do serviço oficial para atendimento a doenças como a febre aftosa. 
 
O prefeito Moisés dos Santos recebeu na manhã dessa sexta-feira (03) representantes do Ministério da Agricultura e do Indea  juntamente com servidores da Secretaria Municipal de Agricultura para traçar os últimos detalhes do encontro. “Estamos felizes por receber um evento deste porte e com tantos profissionais renomados, sendo 80 deles de todo o Mato Grosso, 50 de diversos estados brasileiros e outros 10 de cinco países da América Latina”, enfatizou  Moisés. 
 
A fiscal estadual agropecuária do Indea, Daniella Bueno, explicou que a capacitação com a simulação prática, terá um atendimento real simulado de focos do vírus da febre aftosa em nosso município.  Com o fim da vacinação contra febre aftosa prevista para este ano, essa capacitação é para fortalecer a vigilância e treinar os profissionais para atendimento, caso a doença reapareça. Ela frisa a importância que a população saiba sobre essa  ação e que não será um foco de doença, apenas uma simulação para o treinamento dos profissionais. 
 
“Temos que capacitar tanto os produtores quanto os médicos veterinários para uma possível reintrodução de um foco do vírus de febre aftosa com a parte teórica e prática”. Vamos fechar o Hotel Termas Mariah para a realização do encontro, onde será nosso “QG – Quartel General de atendimento da doença durante os dias do treinamento” acrescentou Daniella.
 
A simulação será realizada em algumas propriedades rurais, mas que serão sigilosas para que os participantes consigam identificar qual está com possível foco da doença.  Mas todo o processo irá envolver visitas em quase um terço de todas as fazendas do município. Terá simulação de sacrifício de animais, barreira sanitária de desinfecção e possíveis  vacinações obrigatórias, mas tudo de forma imitando uma situação real.
 
Segundo os organizadores, Juscimeira foi escolhido por ter uma estrutura adequada para realização do evento, na área de acomodações dos participantes e também pelo município estar em uma boa localização e por possuir como base a pecuária e bacia leiteira. 
 
O chefe de serviço de fiscalização de insumos em saúde animal do Mapa, Dienerson Bourcheid, destacou que o evento a nível nacional segue as exigências da Organização Mundial de Saúde Animal e que o Brasil iniciou o processo para a retirada da vacinação em 2017 de forma gradual entre os Estados.
 
“Para isso, o país foi divido em blocos, alguns já retiraram a vacina como Rio Grande do Sul, Santa Catarina , Paraná, Acre, Rondônia e parte do Mato Grosso. Após a retirada da vacinação esse pleito é enviado a Organização Mundial de Saúde Animal, que atestará o reconhecimento internacionalmente como livre de febre aftosa, agregando valor nos seus produtos exportados”, concluí o representante do Mapa.


Publicado em 03/06/2022


Últimas Notícias

2022 © Prefeitura Municipal de Juscimeira - Mato Grosso - CEP: 78810-000