Geral


50 Anos: Paróquia Bom Jesus de Juscimeira celebrará o Jubileu de Ouro durante o mês de agosto

Inaugurada no ano de 1969, a Paróquia Bom Jesus preparou uma programação especial para celebrar os 50 anos de fundação. As comemorações iniciarão com uma Missa Solene e procissão, nesta terça-feira (06/08) às 19 horas, na sede da matriz.

No domingo (11/08), a partir das 11 horas da manhã, será o primeiro dia da tradicional festa na chácara da paróquia, com leilão de gados, prendas e assados, além do bailão com a banda “Festa Boa”. Já no dia 18, segundo domingo de festa, também terá leilões e a animação ficará por conta da dupla sertaneja Higor & Marcelo.

As comemorações se encerrarão no dia 25 de agosto, com a Corrida do Padroeiro Bom Jesus e bingo que sorteará um automóvel zero quilometro e outros prêmios. 

História

Fundada no dia 1º de janeiro de 1968, a Paróquia Bom Jesus de Juscimeira  fica situada na BR-364 entre Rondonópolis e Jaciara. Originalmente toda a região da paróquia pertencia à diocese de Guiratinga, pois a divisa entre as duas Prelazias foi marcada entre os rios Tugore e o Rio São Lourenço. Por isso os primeiros padres que atenderam a região foram os padres de Poxoréu. Os moradores mais antigos se recordam ainda  do Pe. Pedro que, a cavalo, andava de gleba em gleba, pois nessa época toda a região recebeu muitos migrantes, na maioria do nordeste, que  devido à fertilidade das terras, abriu muitas glebas na região.

Devido à posição geográfica, com a fundação da Paróquia de D. Aquino, a região de Juscimeira passou a ser atendida pelos padres  desta nova paróquia. Muito falado e famoso na memória do povo até hoje ficou o nome de Pe. Tiago, que foi o primeiro pároco de Dom Aquino. Ele, não gostava de andar a cavalo, e  trilhou a pé quase toda a região,  com sua mochila nas costas.

Quando foi aberta a nova BR- 364 entre Rondonópolis e Cuiabá, D. Vunibaldo ficou numa situação complicada, pois para se deslocar de  Rondonópolis a Jaciara e à Chapada dos Guimarães, tinha de atravessar o território da Diocese de Guiratinga. Vendo que a demarcação do território das duas prelazias estava fora dos parâmetros, Dom Vunibaldo e Dom Camilo sentiram a necessidade de se organizar territorialmente. Por meio de um acordo entre os bispos, a paróquia de Juscimeira passou a pertencer à diocese de Rondonópolis.

Com a missão de pastorear a nova paróquia, Dom Vunibaldo teria que conseguir um pároco para tomar conta da nova comunidade.  Em suas viagens à Diocese de Fulda, na Alemanha, o bispo soubera da existência de padres dispostos a vir para o Brasil e solicitou que esta Diocese encaminhasse padres para a região de Juscimeira.  No mês de dezembro chegou o padre João Henning que com entusiasmo começou a sua luta pela nova paróquia e um ano depois, chegava à região, o seu irmão, padre Mário Henning para auxiliar nos trabalhos.

Com a chegada dos padres, a comunidade passou a ter uma liderança mais presente e ativa nesta localidade.  Padre João, não tendo lugar para celebrar as missas, inicialmente usou a escola e sua moradia para reunir a comunidade.

Com muito entusiasmo, os dois irmãos padres  começaram a construção da igreja em junho de 1969 numa área que ficou no meio das duas glebas. Assim, a igreja matriz tornou-se o símbolo da união de Juscimeira, que politicamente ainda pertencia a Jaciara. No dia 24 de junho de 1970 D. Vunibaldo,  numa procissão solene transferiu o Santíssimo para a nova Igreja.


Publicado em 06/08/2019

Fonte: Assessoria de Imprensa PMJ


Últimas Notícias

2019 © Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Juscimeira - Mato Grosso - CEP: 78810-000