Geral


Prefeitura e Defesa Civil decretam situação de emergência por seca em Juscimeira

Devido ao longo período de seca e incêndios florestais, o município de Juscimeira decretou situação de emergência mais um ano. O documento já foi homologado em Brasília e deverá ser publicado no Diário Oficial nesta quinta-feira (09).

O prefeito Moisés dos Santos informa que a partir do decreto, prefeitos podem realizar obras sem licitação, de modo a atender as necessidades emergenciais da população afetada pela ausência da chuva, além de estar autorizados a mobilizar os órgãos municipais, sendo que as autoridades administrativas e agentes de Defesa Civil poderão, em caso de risco iminente, entrar nas casas e usar de propriedade particular. 

“Ao todo, de acordo com o levantamento feito pela prefeitura através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e as defesas civil municipal e estadual, são 371 famílias afetadas pela crise hídrica, o que totaliza 1.484 pessoas”, relata o prefeito.

As localidades prejudicadas pelo longo período de seca, que neste ano já somam mais de 120 dias, são: assentamentos Santo Expedito, Geraldo Pereira de Andrade, 17 de março, Pantanalzinho e Beleza.

A gerente de Meio Ambiente, Camilla Dias, explica que coma homologação e publicação do decreto, a Administração Municipal, como no ano passado, irá fornecer auxílio às famílias prejudicadas pela seca com a distribuição de água potável em carro pipa para os afazeres domésticos e criações de animais, água mineral para consumo humano e a entrega de cestas básicas para os mesmos.


Publicado em 09/09/2021

Fonte: Assessoria de Imprensa


Últimas Notícias

2021 © Prefeitura Municipal de Juscimeira - Mato Grosso - CEP: 78810-000